Foobar2000 1.1 Beta 2

"Este player de áudio dispensa visuais descolados, contudo proporciona experiências sonoras que você jamais ouviu!"

Foobar é um player avançado que oferece muitas funcionalidades exclusivas. Por essa razão, é o preferido dos conhecedores mais avançados de áudio. É claro que o Foobar não é muito fácil de se aprender, no entanto, é um dos melhores quando se trata de qualidade.

Um som como você jamais escutou

A qualidade sonora é o principal destaque. Se você está acostumado com Winamp, Windows Media Player, KMPlayer e demais tocadores, com certeza vai sentir a diferença na primeira música que escutar no Foobar e compará-lo com outros players.

O programa é pequeno e leve, ótimo para os usuários que prezam pela funcionalidade em vez da bela interface gráfica. Esta, aliás, deixa um pouco a desejar, porém compensa com um alto poder de processamento de arquivos de áudio. As playlists podem ser armazenadas em abas e você ainda renomeia as etiquetas ID3 de vários arquivos simultaneamente.

Interface gráfica um pouco sem graça.

Foobar2000 suporta vários plugins e trabalha com os seguintes formatos de músicas:

  • Nativos: MP1, MP2, MP3, MP4, Musepack, AAC, Ogg Vorbis, FLAC/Ogg FLAC, Speex, WavPack, WAV, AIFF, AU, SND, CDDA e WMA;
  • Outros formatos podem rodar por meio de plugins, como: TTA, Monkey`s Audio, ALAC, MOD, SPC, TFMX, Shorten, OptimFROG, LPAC, AC3, DTS, PSF, NSF, XID, XA, Matroska, MMS, RSTP e outros.

Uma das melhores vantagens é a possibilidade de rodar músicas compactadas em RAR, ZIP, LHA e JMA, sem necessitar um descompactador, visto que o programa reproduz diretamente a música.

Layout customizado

Uma mudança muito significativa e que usuários mais antigos do Foobar não deixaram de notar é a possibilidade de personalização do layout: ao iniciar o player pela primeira vez, surge na tela uma série de opções que permite configurar quais elementos devem aparecer na janela principal do programa, como a arte da capa ou informações sobre o compositor de cada faixa adicionada à lista de reprodução.

Além disso, é possível escolher qual cor de fundo utilizar, o que permite deixar o programa com uma cara mais adequada a outros elementos do computador. São tentativas de tornar sua interface um pouco mais atraente.

Na onda do streaming

O maior destaque da versão antecessora do Foobar2000 fica por conta da possibilidade de assistir a arquivos próprios do Windows Media Player através de streaming (ASX/MMS/RTSP), aspecto que amplia em muito a utilidade do programa. A compatibilidade com teclados multimídia também foi melhorada, e agora há a alternativa de utilizar atalhos em teclas especiais.

Carregue o Foorbar2000 para onde você for

A instalação portátil também foi aprimorada e o programa agora é capaz de recordar automaticamente quais os diretórios de mídia utilizados durante a última vez em que o software foi executado. Ripar discos de músicas também ficou mais fácil: agora é possível extrair faixas individuais, e o Foobar melhorou o acesso à base de dados online responsável por coletar as informações sobre os discos adicionados.

Portabilidade, uma palavra-chave deste aplicativo.

A novidade do beta

Antes de comentar qualquer aperfeiçoamento implementado nesta versão do Foobar2000, é importante deixar bem claro que ele é em uma versão Beta – o que significa que o aplicativo ainda está em fase de testes, ou seja, erros ainda podem ocorrer com frequência.

Atualização de componentes

A estrutura do Foobar é modular. Isso significa que você pode incrementá-lo com componentes disponibilizados pelo próprio desenvolvedor. Caso tenha interesse em turbinar seu player, clique aqui e confira os complementos para o Foobar2000.

Uma das novidades desta versão é que qualquer ferramenta instalada recebe atualizações automaticamente. Tal fato proporciona maior comodidade tanto aos usuários como aos desenvolvedores. Com essa ajuda do software, você consegue enchê-lo de novas funcionalidades e nem precisa esquentar a cabeça em mantê-lo devidamente atualizado.

Deixe que o Foobar2000 atualize os complementos.

Vale ressaltar que são compatíveis com esta atualização automatizada apenas os aplicativos armazenados no repositório oficial do Foober2000. Portanto, procure implementar apenas complementos reconhecidos pela desenvolvedora do player.

Recursos

No Foobar é possível configurar o áudio do jeito que você quiser, com opções para usar o modo ReplayGain (normalização), acabar com picos, usar pré-amplificadores, criar banco de dados, codificar músicas por cores e muito mais.

Principais destaques do Foobar:

  • É capaz de converter músicas;
  • Conta com gerenciador de playlists que trabalha por abas;
  • Aplica efeitos no áudio e verifica a integridade das canções;
  • Possui atalhos via teclado;
  • Ocupa pouco espaço de memória RAM; e
  • Renomeia etiquetas ID3 em massa.
  • Gerencia suas playlists através de abas.

    O exclusivo Replaygain

    Este recurso permite um ajuste de ganho de som para armazenamento em uma faixa, cujo objetivo é reduzir a necessidade de ajustar o volume durante a reprodução da música, devido à variação dos níveis de dinâmica (passagens fortes ou fracas). Um dos benefícios é que o recurso ReplayGain não altera as músicas, apenas as "normaliza".

    Remova Imperfeições

    As informações ReplayGain podem ser removidas ou alteradas de acordo com a sua necessidade num processo análogo ao usado nas tags ID3. O problema de clipping (quando a caixa "estoura") de muitas faixas pode ser resolvido desta forma.

    Utilize o ReplayGain.

    Normalizando sua Coleção

    O ReplayGain pede um nível mínimo de qualidade para funcionar (no caso do MP3 é igual ou superior a 192 Kbps). Para ativá-lo clique com o botão direito do mouse e selecione a opção homônima.

    Ele é dividido em "Scan pre-file track gain" (para usar o recurso por faixa individualmente); "Scan selection as album" (para usar o recurso por álbum); e "Scan selection as multiple albums" (para usar numa playlist ou coleção inteira).

    Transforme seus CDs em arquivos digitais

    Transforme CDs em arquivos digitais.Além de reproduzir os discos de música presentes no drive de leitura do computador, o Foobar permite que você extraia as faixas presentes para arquivos com diversas extensões diferentes, incluindo formatos como o popular MP3, FLAC ou AC3.

    Tudo isso acontece de maneira simples e você não precisa se preocupar em inserir manualmente as informações de tags dos arquivos resultantes: o Foobar acessa automaticamente uma base de dados online que escolhe o melhor resultado e grava as informações corretas.

    Biblioteca

    Diferentemente das versões anteriores, a biblioteca agora vasculha automaticamente as alterações feitas ao conteúdo das pastas. Não é mais necessário ou até mesmo possível remover manualmente itens modificados, nem atualizar o conteúdo da biblioteca.

    A biblioteca do Foobar2000 ainda não é compatível com o Wine, um software que faz possível a execução de programas feitos para Windows em sistemas Unix Like, como o Linux. A biblioteca agora não exibe arquivos que estejam assinalados como escondidos ou identificados como sendo do sistema operacional. Eles são simplesmente ignorados.

    Obtenha experiências sonoras únicas!

    Windows Vista

    Ao ser executado com o Windows Vista, o Foobar2000 agora não carrega componentes desenvolvidos com versões incompatíveis do SDK. Esses componentes podem ser consertados através da recompilação com uma versão atualizada do Foobar2000 SDK.

    Listas

    Hoje é muito comum a utilização de arquivo de lista, ou seja, um único arquivo que carrega toda uma lista de músicas. Porém, ao executar um arquivo de lista juntamente com uma pasta, muitas vezes as músicas são carregadas duas vezes.

    Para resolver este problema, agora o arquivo de lista é ignorado quando ele é adicionado juntamente com uma pasta inteira. Este comportamento pode ser modificado nas preferências em "General" - "Preference" - "MediaLibrary".

    Matroska

    Você deve desinstalar qualquer componente relacionado ao Matroska antes de utilizar o Foobar2000. Caso contrário esses componentes não funcionarão corretamente.

     

     

    • Observações
    • Sistema operacional Windows XP/Vista/7/2000/2003
    • Antes de instalar o Foobar2000 você pode criar um ponto de restauração do Windows, assim, se não gostar do programa ou se ele não funcionar corretamente, você pode simplesmente restaurar o sistema para um ponto anterior à instalação do programa.Clique aqui e aprenda a criar um ponto de restauração.

    FIM

    Esse site chega ao fim de suas postagens, agradeço a todos por nos visitas, queríamos fazer só o melhor para vocês. Mais nosso ADM não para ele esta criando um novo blog mais rápido e com mais conteúdo para vocês. Acesse agora mesmo http://internetmods.blogspot.com